Fórum Popular de Saúde do Estado de São Paulo

Fórum Popular de Saúde do Estado de São Paulo

Não se faz Saúde com blá blá blá: pela valorização dos trabalhadores da saúde! #grevedasaudenarua

Ser trabalhador da saúde é escolher cuidar das pessoas.  Para que um atendimento humano e de qualidade aconteça sempre é necessária muita dedicação e valorização destes profissionais. Dia a dia, a população do estado de São Paulo reconhece essa dedicação nos trabalhadores, mas o Governo não faz o mesmo: insiste em nos desvalorizar, com más condições de trabalho, baixos salários e promessas de melhorias que não são efetivadas.

O que nos é oferecido são políticas de premiação insuficientes. Exigimos uma valorização real dos trabalhadores com plano de carreira, investimento na formação dos profissionais e aumento de salário real; somos contra o projeto apresentado de prêmio de incentivo, aumentando a possibilidade de assédio moral.

Um exemplo dessa falta de respeito: neste mês de maio o governo prometeu aumento no prêmio para os trabalhadores do setor administrativo. Essa verba chegou a ser provisionada, mas foi retirada (calote) sob a desculpa de que havia sido um erro. Um absurdo!
Absurdo também é o sistema de gestão antidemocrático e ineficiente da saúde estadual que, além de erros grosseiros como este acima, não tem conselhos gestores na maior parte das unidades de saúde, excluindo a participação de trabalhadores e usuários que são os maiores interessados em uma saúde de qualidade.

Estamos indignados, mas nossa revolta é contra o governo Alckmin e não contra a população usuária do SUS. Por isso a proposta de greve dos trabalhadores do CAISM Água Funda, apoiada por diversos movimentos sociais realizados também por usuários do SUS, como o Fórum Popular de Saúde, é PARAR AS RUAS, NÃO OS SERVIÇOS DE SAÚDE!

Do CAISM Água Funda para as ruas!
Por tudo isso convocamos a todos a participar do 1º Ato da GrevedaSaúdenaRua#, no dia 2 de junho, as 8h da manhã. A concentração será em frente ao CAISM Água Funda, na Rua Etruscos, sem numero, em frente ao Jardim Botânico (Avenida Miguel Stéfano altura do número 3030).


Nossas pautas:
 1) Valorização dos trabalhadores da saúde estadual: Pagamento imediato do premio provisionado no pagamento dos trabalhadores administrativos;
 2) Aumento real de salário e por uma política real de valorização do trabalhador a curto, médio e longo prazo com plano de carreira e formação.

3) Criação de mecanismos de participação democrática de usuários e trabalhadores nas unidades de saúde da rede estadual. Queremosconselhodesaúde#

Contato: Paulo Spina (trabalhador do CAISM Água Funda) - 954647609

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.