Fórum Popular de Saúde do Estado de São Paulo

Fórum Popular de Saúde do Estado de São Paulo

FÓRUM POPULAR DE SAÚDE FAZ PROTESTOS NAS RUAS DE SÃO PAULO CONTRA A PEC 55 E EM DEFESA DA SAÚDE



Nesta última quinta feira, 08/12, o Fórum Popular de Saúde do Estado de São Paulo junto com Sinsprev/SPPrimeira Oposição (trabalhadores estaduais da saúde), Passe Livre São PauloUnidade Classista - SPPolítica Econômica da Maioria - POEMA e outros movimentos ocuparam as ruas da cidade de São Paulo para protestar contra o congelamento de gastos públicos, inclusive na área da saúde, que será votado em segundo turno pelo senado federal. Compondo o ato, várias gerações se uniram em torno da pauta da DEFESA do SUS, PELA SAÚDE e CONTRA a PEC 55 que retira DIREITOS, com muita disposição para protestar!"
O protesto que se iniciou em frente à Secretaria Estadual de Saúde, no Complexo do Hospital das Clínicas, abriu o microfone para as diversas vozes presentes, que denunciaram a situação de descaso com a saúde e o quanto esta PEC 55 orquestrada por uma junta financeira que governa o país irá prejudicar o SUS e a saúde de toda a população, sobretudo a população mais pobre.
Por volta das 18h30, a rua foi tomada pelos manifestantes que caminharam gritando palavras de ordem como: “A nossa luta é todo dia... Nossa saúde não é mercadoria”. Nossa faixa da comissão de frente "PELO SUS E CONTRA A PEC" apontava o caminho necessário de luta para defendermos os nossos direitos amplamente ameaçados.
Após um jogral os manifestantes decidiram caminhar até a Avenida Paulista para encontrar o protesto organizado pelo movimento feminista que tinha a chamada “Chega de morte de mulheres – Congresso tire a mão do nosso corpo” e “Pela legalização do aborto - Contra a PEC do fim do mundo”. Esse encontro das lutas nas ruas foi um momento emocionante para os manifestantes que se misturaram aos sons das palavras de ordem: “Contra a PEC 55” e “Em defesa dos direitos”!
O Fórum Popular de Saúde que reúne usuários do SUS, trabalhadores, estudantes e outros movimentos, tem núcleos em diversas regiões da cidade e vai continuar ocupando as ruas defendendo uma saúde pública, estatal e de qualidade. Sua próxima reunião é dia 15 de dezembro às 19h, na Rua Antônio de Godói, 88 – 2˚ andar.
O movimento POEMA – Política Econômica da Maioria – convidou os participantes do protesto para a manifestação que acontecerá no dia 13 de dezembro também contra a PEC 55. A chamada do protesto é: “Nenhum direito a menos – que os ricos paguem pela crise”

https://www.facebook.com/events/151835955293927/⁠⁠⁠⁠

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.